Notícias

A um mês do vestibular da UFRGS, saiba tudo o que lhe espera no dia da prova

Olá, fenixiano que está prestes a realizar o vestibular da UFRGS pela primeira vez. Daqui a trinta e um dias, você estará numa situação que traz algumas armadilhas. Por isso, é preciso estar atento para que nada disso prejudique o seu rendimento.

Há quem encare a maratona de provas com naturalidade, porém cada candidato reage de uma maneira. Já vimos casos de gente muito preparada que tropeçou por questões externas, bem como alunos que souberam tirar proveito disso.

Primeiro ponto: dependendo do local da prova, você vai pegar trânsito em pleno domingo. Campus do Vale e Bom Conselho, por exemplo, costumam ter as imediações bem congestionadas. Por tal motivo, recomenda-se dar uma passada dias antes para saber bem o caminho e o tempo que leva. Por outro lado, quem tem facilidade de chegar ao local corre risco de cair numa pegadinha se pensar: “amanhã vou sair mais tarde, porque hoje cheguei cedo demais”. Lembre-se de que o dia seguinte é uma segunda-feira e a cidade volta ao normal. Ou seja, quem chegou em 20 minutos no destino pode não levar o mesmo tempo.

Os portões abrem às 8h. Antes disso, haverá uma fila imensa. Como a prova começa às 8h30, não há uma forte razão para disputar um lugar entre os primeiros que vão ingressar no prédio. Quando liberam a entrada, há um tumulto, gente se empurrando e com pressa de entrar. Um conselho é fugir dessa pequena muvuca negativa, que é só mais uma fonte de estresse. Em meia hora, há tempo suficiente para respirar, dar um abraço num familiar, comprar uma água mais geladinha e entrar. A não ser que você queira pegar uma mesa bem na frente ou ir ao banheiro.

Em seguida, pegue a carteira de identidade, pois, na porta da sua sala, um fiscal vai pedi-la, conferir o seu nome na lista e autorizar a entrada. Dentro da sala, as pessoas estarão sérias e caladas. Todos vão ficar olhando para você, mas não se intimide com isso. Não se deixe contagiar por esse clima pesado.

O silêncio será quebrado pela sirene. Nesse momento, o coração acelera. Os fiscais vão fechar a porta e iniciar as recomendações. Uma delas será ordenar que sejam retirados os rótulos das garrafinhas de água. Por isso, já tira antes. Há ambulantes que já vendem sem.

Sobre a mesa, serão permitidos apenas lápis, caneta, borracha, RG e a garrafinha. Bolsas e mochilas ficarão próximas à porta e identificadas com o nome do candidato. Para os caras: penteiem os cabelos, pois vão mandar tirar o boné.

Um dos fiscais realizará a chamada para distribuir a folha de respostas. Depois que entregarem o caderno de questões, eles vão colher as impressões digitais. Não se preocupe com o dedo sujo de tinta, pois vão oferecer também um sachê com álcool e que funciona muito bem. A essa altura, já estarão correndo as 4 horas e meia de prova.

Após as primeiras duas horas, será autorizada a saída de quem concluiu a prova. É nesse instante que pode acontecer mais uma armadilha. Haverá um momento que a sala ficará mais vazia do que cheia e você pode notar que ainda faltam várias questões. Por esse motivo, lembre-se de que os apressados podem já ter desistido ou não ter estudado o suficiente para responder adequadamente a 75 questões do nível de exigência do vestibular da UFRGS.

Administre bem o seu tempo e ignore os outros candidatos da sala. Quando terminar a prova, levanta o braço. O fiscal vai até você para pegar a folha ótica e também o caderno de questões, o qual eles devolvem apenas no dia seguinte.

Se for possível, já saiba o local onde almoçar, pois o desgaste (mental e também emocional) e o calorão podem provocar uma sensação ruim e você se sentirá muito perdido.

No fim da tarde, pontualmente às 17h, a universidade divulga o gabarito. Confira apenas se você estiver seguro o suficiente para lidar com o resultado. Há quem vai muito bem e baixe o ritmo para o dia seguinte. E há também o aluno que começa mal e se abate a ponto de não conseguir reagir.

Tenha calma e confiança em si mesmo. Se você estudou, precisará administrar o conhecimento com o seu emocional para que tudo aconteça conforme o planejado.

Gustavo Gossen
comunicacao@fenixpre.com.br

Mais Notícias

Fenixiano, leia após sair da prova do vestibular da PUCRS
Fenixiano, leia após sair da prova do vestibular da PUCRS
Leia Mais
Sala dos Prof. destaca os 5 passos decisivos para o vestibular da UFRGS
Sala dos Prof. destaca os 5 passos decisivos para o vestibular da UFRGS
Leia Mais
Carta de repúdio à PEC 55 e à MP 746
Carta de repúdio à PEC 55 e à MP 746
Leia Mais